Pesquisar
24/11/2016 I DOC REGENCIA EXIBICOES DE DOCUMENTARIOS MARCA UM ANO DA LAMA NO RIO DOCE

I DOC REGÊNCIA

EXIBIÇÕES DE DOCUMENTÁRIOS MARCA UM ANO DA LAMA NO RIO DOCE

Regência, 22/11/16 - A exibição de três documentários e uma reportagem especial do canal de televisão TeleSur para o público de moradores e visitantes que compareceram ao Centro Ecológico, marcaram um ano da chegada da lama de rejeitos à foz do Rio doce, Linhares em (21/11/15). Os trabalhos fazem parte da programação do DOC Regência – Mostra de Documentários Sobre o Rio Doce.

No final, um pequeno debate serviu para a reflexão dos assuntos abordados nas obras: VALE DO RIO DE LAMA, NO RASTRO DA DESTRUIÇÃO - de Silvio Henrique Barbosa (SP) +  REGÊNCIA: AS ÚLTIMAS HORAS ANTES DA LAMA -  de Leonardo Merçon (ES) +  ÚLTIMOS DIAS EM REGÊNCIA - de  Daniela Zanetti ( ES) +  MATARAN  AL RIO DOCE –  de Leonardo Fernandes – TeleSUR (MG)+  DOCE SENHORA DO RIO - de Ramon Luz (ES).

O primeiro I DOC REGÊNCIA iniciou domingo (20) com exibições de obras audiovisuais que abordam aspectos históricos, sociais e ambientais da Bacia do Rio Doce. Na programação está prevista também na sexta (25) uma mesa de debate com o tema “Recuperação e Mitigação dos efeitos da Lama no Rio Doce e no mar” onde a fundação Renova estará apresentando as ações e medidas compensatórias que vem desenvolvendo durante esse um ano de evento crítico no leito do rio. No sábado (26) outra mesa abordará o tema “Desafio da preservação do Patrimônio Socioambiental e da Planície Costeira do Rio Doce”.

Para quem tem o interesse em aprender mais sobre a arte de documentário, poderá participar da oficina da “Técnicas e Narrativas Visuais para fotografia e vídeo ambiental” – com Leonardo Merçon e Ilka Westermeyer (Instituto Últimos Refúgios) na sexta e sábado a partir das 9h. O evento termina domingo (27).

Confira a programação dos próximos dias:

Dia 22 – terça –feira

19.00 h – auditório do projeto Tamar

Exibição dos filmes VIVA REGÊNCIA – de Marcos Azeredo (ES) e  A LEI DA ÁGUA  - de André D´Elia (SP)

Roda de conversa sobre o tema 

Dia 23 - quarta-feira

19 h – Auditório do Projeto Tamar

Exibição de  HOME  (MEU PLANETA, MINHA CASA) – documentário   de  Yann Arthus-Bertrand + EXPEDIÇÃO ÁLVARO AGUIRRE –  reportagem de Carla Osório - TV Assembléia (ES)

21 h - roda de conversa sobre o tema 

 

Dia 24 - quinta-feira

19 h – Auditório  do Projeto Tamar

Exibição das obras CAPIBARIBES, DA NASCENTE A FOZ – de Canario Caliari, Daniel Castelo Branco e Lucas Ramalho  - Instituto Boa Vista (PE) + HISTÓRIA DE FOTÓGRAFO -  de Ilka Westermeyer – Instituto Últimos Refúgios (ES) + ÚLTIMOS REFÚGIOS – RESERVA BIOLÓGICA DE DUAS BOCAS – de Alexandre Barcelos (ES) + ÚLTIMOS REFÚGIOS: TONINHO MATEIRO – de Reinaldo Guedes(ES)

20.30  h - Roda de conversa com os realizadores dos filmes

Dia 25 – sexta feira

14 h -  Auditório do Projeto Tamar

Oficina “Técnicas e Narrativas Visuais para fotografia e vídeo ambiental” – com Leonardo Merçon e Ilka Westermeyer (Instituto Últimos Refúgios)

17 h – Auditório do Projeto Tamar 

Exibição das obras 16 DIAS - O CAMINHO DA LAMA NO RIO DOCE - de Bruno Faustino -  TV Educativa (ES) + VOZES DO RIO DOCE - de Ilka Westermeyer – Instituto Últimos Refúgios (ES) + NA BEIRA DO RIO DOCE - de Lori Regattieri (ES) + UNIVERSIDADE E SOCIEDADE SE MOBILIZAM PELA TRAGÉDIA AMBIENTAL EM MARIANA - de Ana Paula Vieira - TV Ufes (ES) + RIO DOCE, RIO DOS SONHOS - Sonya Beutelmann (ES) + COMUNIDADE EM CENA - CARAVANA DA BACIA DO RIO DOCE - de Daniela Araujo (RJ)

 

19 h - Auditório do Projeto Tamar 

 

 Debate “Recuperação e Mitigação dos efeitos da Lama no Rio Doce e no mar”

20 h – Casa do Congo de Regência

Concentração para  Fincada de Mastro

Dia 26 – sábado

Das 6 ás 13 h - Auditório do Projeto Tamar + locações externas  

Oficina “Técnicas e Narrativas Visuais para fotografia e vídeo ambiental” – com Leonardo Merçon e Ilka Westermeyer (Instituto Últimos Refúgios)

15h – Auditório do projeto TAMAR 

Homenagem aos  ambientalistas Detinha Ale Son e André Ruschi

Exibição das obras PRESERVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO COMUNITÁRIO 

NA FOZ DO RIO DOCE – realização Projeto Tamar +  UNIDADES DE CONSERVAÇÃO FOZ DO RIO DOCE – realização: Instituto  IPEMA

16 h – Debate:  o desafio da preservação na planície costeira do  Rio Doce

17 h –  Casa do Congo

Fincada do Mastro de São Benedito e Santa Catarina com a Banda de Congo “São Benedito de Regência e Banda de Congo Mirim “Escola Vila Regência” 

20 h – Museu de Regência

Lançamento do curta LENDAS DE REGÊNCIA AUGUSTA – produzido pelos alunos da Escola Vila Regência e Cia de Arte Regência Augusta + homenagem a Dona Ilda Lourenço

Exibição das obras MAR DE LAMA NUNCA MAIS( promo) – de André D’Elia(MG) + SOL, SAL E LAMA – de João Paulo Izoton (ES) +  TEMPO REGÊNCIA – de Monica Nitz (ES) + DAS ÁGUAS QUE PASSAM – de Diego Zon (ES) +CACIMBA DE MÁGOA –  de Ilka Westermeyer (ES) + A ONDA DA VIDA – de José Augusto Muleta(RJ-ES)

Dia 27 – domingo

9h – Auditório do Projeto Tamar

Exibição das obras A COR LARANJA - de  Karina de Abreu e Pedro Cavalcante (RJ) + OS TRABALHADORES DO WATU – de José Lino França Galvão( ES) + BORUM – de Adriana Jacobsen (ES) + PASSOS LENTOS DE UMA VILA -  de Gleyce Nogueira (ES)

10h  -  auditório do projeto Tamar

Debate  Memórias do Rio Doce (parceria com o projeto ESCOLA DA TERRA CAPIXABA)

Mediação: Prof. Dra. Gerda M. S. Foerste-PPGE/Ufes